O que é e para que serve Python? Saiba aqui

As linguagens de programação desempenham um papel importante dentro da internet atualmente.

Não só no desenvolvimento de websites e software, as suas aplicações podem ser um pouco óbvias, porém também em diversas áreas que são mais complexas como ciência de dados, interação homem-máquina por meio da inteligência artificial e coleta de dados, entre outros tipos de soluções.

No entanto, ao contrário do que o público em geral possa pensar, quanto mais complexas as funções que um sistema executa, mais intuitivo ele deve ser de usar.

Essa é uma das diversas razões pelas quais as linguagens de programação têm ganhado grande notoriedade nos últimos anos, e claro que o Python e o Curso de Python é uma das mais populares.

Criado com uma filosofia de valorizar as pessoas sobre a computação, o Python vem sendo uma das linguagens de programação altamente acessíveis que é muito popular dentro do campo da indústria de tecnologia.

Se você deseja aprender mais sobre o Python, seja você um programador ou somente um curioso, um bom Curso de Python vai lhe ajudar a entender melhor sobre todas as suas funcionalidades, os benefícios que estão associados ao bom uso e o mercado para diversos profissionais da linguagem.

Python tem chamado a atenção de diversos profissionais de TI nos últimos anos. Muitas pesquisas têm medido a frequência de buscas dentro da internet, classificando as linguagens de programação como sendo a terceira linguagem mais buscada dentro da web.

Assim, preparamos um excelente conteúdo que destaca os benefícios e para que serve o Python e algumas das carreiras que as pessoas que programam na linguagem podem ingressar.

O que é Python e para que serve?

Python foi lançado no ano de 1991. Hoje em dia, ele possui um excelente modelo de desenvolvimento comunitário gerenciado pela Python Software Foundation.

A linguagem tem diversas finalidades, nele tem um funcionamento que é emitido por comandos intuitivos como “imprimir” para imprimir determinado texto da tela, “abrir” para abrir um determinado tipo de arquivo ou “localizar” para localizar uma determinada palavra.

Python é um programa que tem o objetivo de automatizar tarefas, porém, a linguagem permite coletar, organizar e até em salvar diversas informações de páginas da web, ajuda a monitorar redes sociais, construir aplicativos, criação de jogos, ativar algoritmos de aprendizado, criação de inteligência artificial, entre outros.

Qual a origem da linguagem Python?

O Python foi concebido e desenvolvido pelo matemático holandês Guido Van Rossum no início dos anos 1990 para otimizar a leitura de código e aumentar a produtividade dos desenvolvedores, sejam eles programadores ou qualquer outro profissional.

Como quase todas as boas ideias, essa ideia surgiu de uma determinada necessidade: economizar tempo e aumentar a eficiência dos projetos desenvolvidos no instituto onde Guido é pesquisador.

Para tornar essa melhoria mais rápida e eficiente, Guido criou uma linguagem bem simples e flexível: Python.

Assim que a linguagem começou a permitir a criação de tudo, desde scripts até a algo totalmente complicado, profissionais de diversas áreas passaram a utilizá-lo cada vez mais.

Atualmente, além de empresas que são desenvolvedores de software, temos biólogos, físicos, contadores e outros profissionais que o utilizam para aprimorar suas habilidades.

Esses são alguns dos motivos pelos quais o uso do Python cresceu substancialmente nos últimos anos.

Empregos para aprendizes de Python

O conhecimento de Python pode ser uma vantagem, e há muitas carreiras disponíveis no mercado.

Se você está apenas começando ou precisa mudar de carreira, listamos cinco exemplos de trabalho a serem considerados abaixo.

Analista de SIG

Suas principais funções incluem: analisar dados e projetar mapas digitais usando dados geográficos.

De onde vem o Python? Bem, os scripts Python têm o objetivo de permitir que todos os analistas de GIS otimizem os seus dados.

Desenvolvedor de software

O desenvolvedor tem grande ajuda na identificação, instalação, projetar e testar sistemas de software. Podendo sempre variar de acordo com a criação de programas até a produção de sistemas que são vendidos dentro do mercado.

Podemos destacar que o Python é uma linguagem de uso geral que que tem o objetivo de ser usado durante o desenvolvimento, significando assim que o conhecimento da linguagem tende a ser a chave para conseguir um bom emprego de desenvolvedor.

Engenheiro de Qualidade

Os engenheiros de qualidade são os profissionais que são responsáveis por criar testes com o objetivo de identificar diversos problemas de software. Eles identificam e analisam diversos erros que podem ser encontrados durante a fase de teste.

Outras tarefas: desenvolver de novos testes, relatar resultados e trabalhar dentro do desenvolvimento de software para a solução de possíveis problemas.

A proficiência em Python é muito importante para diversas funções que envolvem controle de qualidade do produto.

Desenvolvedor full stack

Os desenvolvedores full stack deverão sempre ter algumas habilidades de algum determinado nicho como: codificação de dados, banco de dados e design gráfico.  

Podemos destacar que as descrições de cargos podem incluir o uso de diversas tecnologias e linguagens com o objetivo de desenvolver aplicativos e programas.

Engenheiro de Aprendizado de Máquina

Um engenheiro de aprendizado de máquina será o profissional que será responsável por um determinado campo de TI que se concentra em pesquisar, construir e projetar sistemas de inteligência artificial.

Esses engenheiros têm o objetivo de projetar e de construir diversos algoritmos de inteligência artificial que tendem a fazer certas previsões. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Comentários estão fechados.