O que você precisa saber sobre gravidez: Dicas e cuidados

A gravidez pode ser um dos eventos mais emocionantes e gratificantes. Criar uma nova vida é um processo intrincado que causa muitas mudanças no corpo de uma pessoa. Saiba mais sobre o que esperar durante os nove meses que precedem o nascimento – da concepção ao parto.

Sintomas iniciais

Embora a ausência de menstruação e o sangramento de implantação sejam sinais precoces óbvios de gravidez, existem vários outros sintomas a serem observados se você estiver tentando engravidar, incluindo:

  • Náusea e vômito
  • Fadiga
  • Mastalgia
  • Micção frequente
  • Mudanças de humor
  • Mudanças de apetite
  • Gosto metálico
  • Dores de cabeça
  • Cólicas
  • Prisão de ventre
  • Congestão nasal

Os sintomas variam de pessoa para pessoa – incluindo aquelas que não apresentam sinais precoces de gravidez.

Visitas Médicas

O cuidado pré-natal é fundamental durante a gravidez.

Se você engravidar naturalmente, sua primeira consulta médica geralmente acontece no final do primeiro trimestre. Se você engravidar por fertilização in vitro (FIV), você pode consultar seu médico antes. De qualquer forma, é melhor que o primeiro grande check-up aconteça durante o primeiro trimestre (até 13 semanas de gravidez). Geralmente ocorre entre oito a 12 semanas.

Durante esta visita, seu médico irá: 5

  • Revise seu histórico de saúde
  • Faça um exame físico e pélvico
  • Dá uma visão geral do tratamento durante a gravidez

Certifique-se de preparar uma lista de perguntas para fazer ao seu médico, para que você não se esqueça.

A maioria das pessoas também fará a primeira ultrassonografia do feto para verificar o batimento cardíaco e a anatomia do feto, e seu médico calculará quantas semanas você está grávida e marcará uma data para o bebê.

Mudanças no corpo 

À medida que seu corpo muda para abrir espaço para o bebê em crescimento, você pode experimentar:

  • Dores nas costas (discuta esse sintoma com seu médico e peça um encaminhamento para um ortopedista especialista em coluna caso as dores continuam e seja necessário acompanhamento mais específico)
  • Estrias no abdômen, seios, coxas ou nádegas
  • Escurecimento da pele ao redor dos mamilos
  • Uma linha na pele que vai do umbigo à linha do cabelo púbico (linea nigra)
  • Manchas de pele mais escura em seu rosto (máscara de gravidez)
  • Mãos dormentes e formigando (se você notar isso, chame seu médico)
  • Comichão no abdômen, nas palmas das mãos e nas solas dos pés (às vezes, a coceira na gravidez pode ter causas que podem ser potencialmente prejudiciais à gravidez, portanto, informe o seu médico sobre esse sintoma)
  • Inchaço dos tornozelos, dedos e rosto (se você notar isso, chame seu médico)

Riscos e complicações

Embora a gravidez muitas vezes seja uma época emocionante, é importante estar ciente dos riscos potenciais para que você possa procurar atendimento o mais rápido possível.

Os fatores de risco para gravidez podem incluir: 

  • Condições de saúde existentes: os exemplos incluem pressão alta, diabetes ou ser soropositivo. 
  • Excesso de peso: aumenta o risco de hipertensão, pré-eclâmpsia, diabetes gestacional, natimorto, defeitos do tubo neural e parto cesáreo. 
  • Nascimentos múltiplos: o risco de complicações é maior em pacientes com mais de um feto (gêmeos e múltiplos de ordem superior). As complicações comuns incluem pré-eclâmpsia, trabalho de parto prematuro e parto prematuro. 
  • Idade materna jovem ou idosa: a gravidez em adolescentes e pessoas com 35 anos ou mais aumenta o risco de pré-eclâmpsia e hipertensão gestacional.

Conclusão 

A gravidez pode ser um dos momentos mais gratificantes da vida de uma pessoa. Também pode ser um dos mais desafiadores com tanto a considerar. Com cuidados pré-natais adequados e mantendo um estilo de vida saudável, você aumenta suas chances de ter um bebê saudável.